BOTAFOGO 1X1 CSP 14/01/18 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP (14/01/18) - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP 14/01/18 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP (14/01/18) - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP 14/01/18 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP (14/01/18) - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP 14/01/18 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP (14/01/18) - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP 14/01/18 - FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO 1X1 CSP (14/01/18) - FOTO: FÁBIO FERNANDES

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Botafogo-PB vacila e cede empate ao CSP no segundo tempo da partida


Atacante Dico do Botafogo-PB (Foto: Fábio Fernandes)
Na tarde desse domingo (14), o Estádio Almeidão foi o palco para mais um confronto entre Botafogo e CSP, válido pela 2ª Rodada do Campeonato Paraibano, e o resultado de 1 a 1 mostrou que o equilíbrio das partidas entre o Belo e o Tigre se mantém ao longo do tempo.

Sendo assim, esse empate pode ser considerado um resultado normal, mas ao analisarmos a forma que se desenrolou a partida para que o empate persistisse até o apito final do Sr. Josemarques Domingos, veremos que teve alguém que contribuiu mais do que todos para que isso acontecesse, trata-se do goleiro do CSP, Wallace, que pegou muita bola no jogo, contribuindo significativamente para que o seu time pudesse pontuar diante o time do Belo.

A partida começou com o time do CSP bem definido no seu sistema defensivo, se arriscando subir poucas vezes ao ataque, já o time do Botafogo, apesar de ter ficado a maior parte do tempo com a posse de bola, não conseguiu criar jogadas que pudessem penetrar a zaga adversária para concluir em gol.

Aos 5`, Dico (foto acima) fez bela jogada pela esquerda, cruzou na área do CSP com estilo, mas o atacante Nando, livre de marcação, não caprichou na cabeceada, e colocou para fora a primeira grande oportunidade de abertura do placar.

Aos 22`, começou a brilhar a estrela do goleiro Wallace no jogo, falta para o Botafogo, frontal a meta, próxima a linha da grande área, o meia Marcos Aurélio foi para uma cobrança cheia de efeito, que tinha endereço certo, mas a pelota foi interceptada pelo goleiro do CSP, que de mão direita colocou para escanteio.


Um primeiro tempo em que o time do CSP priorizou as faltas, principalmente sobre o atacante Nando do Belo, que foi bastante caçado no jogo.

Sem conseguir penetrar o sistema defensivo do CSP, aos 34`, o time do Botafogo arriscou de fora da área, através do volante Allan Dias, que obrigou o goleiro Wallace a fazer outra grande intervenção.

Aos 38`, o atacante Nando que já vinha sendo perseguido pela zaga do Tigre, foi puxado e derrubado dentro da área, nesse lance o árbitro central não teve a menor dúvida ao assinalar a penalidade máxima em favor do Belo, aos 39`, o próprio Nando cobrou rasteiro, no canto direito do goleiro Wallace, que dessa vez não conseguiu chegar nela. CSP 0x1 Botafogo.


A partir desse momento, a partida caminhou sem grandes emoções até o término da etapa inicial.

Com a bola rolando para os 45 minutos finais, o que se viu no início do segundo tempo foi um time do Botafogo apático dentro de campo, esperando o CSP no campo de defesa, sem pegada forte, deixando o adversário jogar livre. Por outro lado, o CSP foi com tudo para cima do Botafogo, tocando rápido a bola, fazendo o jogo girar, procurando o tempo todo encaixar a melhor oportunidade.

Aos 9`, ataque do CSP pela direita, a pelota foi lançada na área, a zaga cortou mal e sobrou para o atacante do CSP, que chutou forte, mas o goleiro Edson do Botafogo conseguiu fazer uma grande defesa.  

Com o time do CSP pressionando o recuado time do Botafogo, aos 11`, “água mole em pedra dura...” após um bate e rebate dentro da área do Botafogo, Henrique do CSP conseguiu desviar, de letra, a pelota para o fundo da meta do goleiro Edson. CSP 1x1 Botafogo.

Depois de sofrer o gol de empate, o time do Botafogo resolveu acordar para o jogo, e a primeira substituição efetuada pelo treinador Leston Júnior foi a saída de Humberto para a entrada do Marlon. Aos 19`, o estreante Marcos Aurélio deixou o gramado para a entrada do também meia Mazinho.

O time do Botafogo recuperou as rédeas do jogo e voltou a ter maior posse de bola, enquanto isso, o time do CSP voltou a priorizar o seu sistema defensivo, deixando as subidas ao ataque apenas para os raros contra-ataques, que prontamente eram desarticulados pela zaga Botafoguense.

Goleiro Wallace salva o Tigre (Foto: Fábio Fernandes)
Aos 28`, sai Dico e entra Carlos Renato pelo lado do Botafogo, que inclusive entrou muito bem na partida, dando maior ofensividade ao seu time. Aos 30`, Carlos Renato pegou um belo arremate de fora da área, que tinha endereço certo, mas o goleiro Wallace fez grande defesa, salvando o Tigre mais uma vez.

O time do Botafogo se tornou o dono do jogo, eram bolas alçadas na área, chutes, escanteios seguidos, enfim, só pressão, mas o CSP se segurou como pode.

Aos 31`, outra excepcional defesa do goleiro Wallace, que interceptou uma cabeceada certeira do zagueiro Gladstone do Belo. Ufa!!!

Goleiro Wallace obra milagres no Almeidão.
(Foto: Fábio Fernandes)
Nos constantes ataques do Botafogo, quando o goleiro Wallace não obrava milagres, o ataque Botafoguense desafinava na conclusão. Aos 39`, o atacante Nando, na entrada da pequena área, falhou na conclusão e a zaga espanou o perigo.

Aos 41`, o atacante Nando acertou um belo chute, mas dessa vez o São Wallace salvou o Tigre novamente. 

Não teve jeito, mesmo se o árbitro permitisse mais meia hora de jogo, o gol do Botafogo não sairia, talvez um castigo pelo vacilo do time no retorno para o segundo tempo, quando terminou pagando caro pela sonolência, cedeu o empate e não teve mais competência para ficar à frente do placar novamente.

Fim de jogo, CSP 1x1 Botafogo, com esse resultado o Botafogo chegou aos 4 Pontos na Tabela de Classificação, agora o Belo está dois pontos atrás do líder Campinense, que conseguiu vencer o Atlético de Cajazeiras nesta rodada pelo placar de 2 a 1, jogando no Amigão, em Campina Grande.

Nos outros jogos concluídos nesta 2a Rodada do Paraibano, no sábado (13), no Amigão, o Serrano venceu o Sousa por 1 a 0, e no domingo (14), o Treze ficou no 0 a 0 com o Nacional, jogando no José Cavalcanti, em Patos. A rodada será encerrada nesta quarta-feira (17), às 20h30, no Estádio Carneirão, onde o Auto Esporte vai receber a equipe da Desportiva Guarabira.

Confira a Tabela de Classificação dos Grupos A e B, atualizada até o presente momento.(Imagens: GE/PB):



Os próximos confrontos válidos pela 3ª Rodada do Campeonato Paraibano serão os seguintes: Auto Esporte x Serrano (Almeidão, 20, 16h); Botafogo x Treze (Almeidão, 21, 16h); Desportiva x Nacional (Silvio Porto, 21, 16h); Campinense x CSP (Amigão, 21, 16h) e Sousa x Atlético (Marizão, 21, 17h).

Antes disso, o Botafogo tem compromisso marcado pela Copa do Nordeste, dia 18 (quinta-feira), às 21h15, na Arena Fonte Nova, em Salvador-BA, diante a equipe do Bahia.


Por Fábio Fernandes

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Botafogo e CSP será o duelo deste domingo (14), no Almeidão, válido pela 2ª Rodada do Campeonato Paraibano


(Fábio Fernandes)
O Botafogo estreou no Paraibano 2018 com vitória sobre o Serrano (2 a 1), jogando no Almeidão, no último domingo, já a equipe do CSP estreou fora de casa, diante o Sousa, no Marizão, onde empatou com os donos da casa sem abertura de contagem no marcador. Se foi difícil no primeiro jogo para o time do Botafogo vencer, de virada, o Lobo da Serra, dentro do Almeidão, para a equipe do CSP conseguir pontuar atuando em pleno Marizão também não foi nada fácil.

Neste domingo (14), no Almeidão, o mando de campo pertence ao time do CSP, contudo, através de um entendimento entre as diretorias do Belo e do CSP, os sócios do Botafogo terão descontos especiais para este jogo: para a compra do ingresso nesta sexta e sábado, a arquibancada sombra vai custar R$ 15,00 e as cadeiras R$ 40,00; no dia do jogo, os preços para os sócios do Belo serão os seguintes: arquibancada sombra R$ 20,00 e cadeiras R$ 50,00, à venda na Loja Belomania, em Tambaú.

Outro acordo feito para este jogo, entre a diretoria do Botafogo e o presidente do CSP, Josivaldo Alves, foi de que o vestiário número 1 do Almeidão, que normalmente é utilizado pelo mandante, vai ficar à disposição do Botafogo, enquanto que o vestiário dos visitantes será utilizado pelo CSP, mesmo o Tigre sendo o mandante da partida.

Amabilidades a parte, dentro das quatro linhas se espera um jogo bastante disputado entre Botafogo e CSP, que sempre fizeram partidas equilibradas. Para tanto, o time do Botafogo treinou com afinco durante toda esta semana, e deve fazer a estreia de uma das suas principais contratações para esta temporada, trata-se do meia Marcos Aurélio, que ganhou condições de jogo e deverá ser relacionado para ficar à disposição do treinador Leston Júnior. Pelo lado do CSP, depois de jogar no Marizão com o gramado em péssimas condições e debaixo daquele forte calor, tradicional do Sertão paraibano, chegou a hora de jogar para a sua torcida, em um dos melhores gramados do Brasil, sob um clima no qual já está bem acostumado. Dessa forma é que Botafogo e CSP se prepararam para o grande jogo deste domingo, às 16h00, no Estádio José Américo de Almeida Filho (O Almeidão).

De acordo com a Tabela de Classificação do Campeonato Paraibano, no Grupo A, o Campinense lidera ao lado do Botafogo, ambos com 3 Pontos conquistados, sendo que o time raposa assume a ponta da tabela devido ao saldo de gols (3 a 1); no Grupo B, a liderança é do Treze, ao lado do Atlético de Cajazeiras, ambos com 3 Pontos, com o time do galo na frente, por ter 1 gol pró a mais do que o time sertanejo. A tabela completa possui a seguinte configuração até então (Imagens: GE/PB):




Arbitragem para CSP x Botafogo:

Árbitro Central: José Marques Domingos (FPF – Cabedelo);
Assistente 1: Márcio Freire (CBF – Campina Grande);
Assistente 2: José Maria Neto (CBF – Cabedelo);
Árbitro Reserva: Adeilson Sales (FPF – João Pessoa).


A segunda rodada do Paraibano 2018 terá os seguintes confrontos:

Serrano x Sousa (sábado, 13, às 16h00); Auto Esporte x Desportiva (sábado, 13, às 16h00); Campinense x Atlético (domingo, 14, às 16h00); CSP x Botafogo (domingo, 14, às 16h00) e Nacional x Treze (domingo, 14, às 17h00).


Por Fábio Fernandes

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE - PB - 2018


BOTAFOGO-PB - EM PÉ: EDSON, GLADSTONE, ALLAN DIAS, LULA, NANDO
E FELIPE CORDEIRO. AGACHADOS: HUMBERTO, RAFAEL JATAÍ,
MARCOS AURÉLIO, FÁBIO ALVES E DICO. TÉCNICO: LESTON JÚNIOR
* (BOTAFOGO 1X1 CSP - 14/01/2018 - ALMEIDÃO - CAMPEONATO PARAIBANO)
* FOTO: FÁBIO FERNANDES

BOTAFOGO-PB - EM PÉ: EDSON, GLADSTONE, ANDRÉ, ALLAN DIAS, NANDO,
CORDEIRO. AGACHADOS: JATAÍ, HIROSHI, HUMBERTO, DICO E FÁBIO ALVES.
TÉCNICO: LESTON JÚNIOR
(BOTAFOGO 2X1 SERRANO - 07/01/2018 - ALMEIDÃO - CAMPEONATO PARAIBANO)
* FOTO: FÁBIO FERNANDES 


Entre erros e acertos o Botafogo consegue vencer na estreia do Campeonato Paraibano



Botafogo 2x1 Serrano (Foto: Fábio Fernandes)
A bola rolou nesse domingo para o início de mais uma edição do Campeonato Paraibano de Futebol Profissional, e no Estádio Almeidão, em João Pessoa, o Botafogo, atual Campeão Estadual, recebeu a equipe do Grêmio Serrano, de Campina Grande, e apesar das dificuldades, venceu o Lobo da Serra, de virada, por 2 a 1.

O jogo começou com o time do Botafogo um tanto quanto disperso dentro das quatro linhas, errando passes e faltando qualidade nas finalizações. Do outro lado, os comandados do professor Suélio Lacerda estavam bastante atentos ao jogo.

Dessa forma, aos 15`, em uma subida rápida ao ataque, o time do Serrano surpreendeu o sistema defensivo do Botafogo, que ficou em desvantagem numérica na marcação, o que favoreceu a investida do atacante Erivan, que invadiu a área e acabou sendo derrubado pelo goleiro Edson, penalidade máxima assinalada pelo árbitro Diego Roberto, o meia Araújo foi para a cobrança e converteu, goleiro de um lado e bola do outro. Botafogo 0x1 Serrano.

A partida prosseguiu com o Botafogo sem saber aproveitar a posse de bola para construir boas jogadas, além de não se arriscar nos chutes de fora da área, enquanto isso, a obediência tática do Serrano manteve sua defesa bem postada, e os seus atacantes de olho na possibilidade de algum contra-ataque.

Sem agradar ao Torcedor e muito menos ao técnico Leston Júnior, o time do Botafogo terminou o primeiro tempo perdendo por 1 a 0.

Na etapa complementar, a história da partida teve um outro desenrolar, e a entrada do atacante Marlon no lugar do volante Rafael Jataí pelo lado do Botafogo, mudou completamente o comportamento do time com relação à etapa inicial.

Com mais postura em campo, diminuindo os espaços na marcação, mantendo a posse de bola com mais inteligência, indo pra cima do adversário e arriscando fortes chutes de fora da área, o time do Botafogo começou a pressionar o Serrano desde os minutos iniciais do segundo tempo.

Contudo, o time do Serrano não estava morto não, e sempre que conseguia retomar a posse de bola chegava forte para cima do sistema defensivo do Botafogo, que sentiu muito a ausência do volante Djavan (emprestado para o futebol paulista), e foi exatamente a falta da devida proteção à zaga Botafoguense um dos pontos mais falhos do time nessa partida, o que já abre o sinal de alerta para a necessidade de contratação de volantes mais pegadores, capazes de oferecer o primeiro combate com mais qualidade, evitando que a zaga fique desguarnecida em determinados momentos do jogo.

Aos 11’, “água mole em pedra dura...” após um escanteio pelo lado direito, a pelota foi desviada de cabeça no primeiro pau, e o atacante Nando, também de cabeça, completou para o fundo da meta defendida pelo goleiro Juci. Botafogo 1x1 Serrano.

Após o empate, o time do Botafogo continuou indo pra cima do Lobo da Serra, mas a falta de uma cabeça pensante, que pudesse organizar melhor as armações pelo setor de meio foi bastante sentida, daí a necessidade que o meia Marcos Aurélio ganhe condições de jogo o mais breve possível.

O inacreditável futebol clube também se fez presente nesse jogo, e o bizarro lance foi protagonizado pelo atacante Nando, aos 22’, após pegar o rebote do goleiro Juci, dentro da pequena área, nos seus pés, com o gol escancarado, sem absolutamente ninguém a sua frente, o nove do Belo conseguiu isolar a pelota por sobre o travessão. Incrível como Nando conseguiu perder um gol feito como aquele. 

Aos 27`, Leston Júnior voltou a mexer com inteligência no time, haja vista que o Carlos Renato entrou muito bem no lugar do Fábio Alves, e foi através dos pés do Carlos Renato que aos 36’ saiu o cruzamento que atravessou a área do Serrano para encontrar o atacante Nando, pela direita, que dominou a bola e, mesmo com pouco ângulo, conseguiu finalizar com sucesso para balançar as redes do goleiro Juci. Botafogo 2x1 Serrano, de virada.

Durante as comemorações do segundo gol do atacante Nando na partida, que colocava o Botafogo pela primeira vez à frente do marcador, a vibração do técnico Leston Júnior foi algo impressionante, isso porque o treinador foi à loucura à beira do gramado, com direito a correr, pular e gritar o Gooooooooooooooooool do seu time, simplesmente fantástico.

A partir desse momento, não foi possível registrar mais nenhum lance de destaque na partida, que caminhou com o placar definido de 2 a 1 para o Botafogo até o apito final do Sr. Diego Roberto.

Nos outros jogos desta primeira rodada do Campeonato Paraibano tivemos, Treze 2x1 Auto Esporte; Atlético de Cajazeiras 1x0 Nacional de Patos e Sousa 0x0 CSP. O jogo que vai fechar a primeira rodada está programado para esta terça-feira (9), no Amigão, em Campina Grande, entre Campinense e Desportiva Guarabira.

De acordo com a Tabela do Paraibano 2018, na próxima rodada teremos os seguintes confrontos: CSP x Botafogo (Dom. 14, 16h, Almeidão); Serrano x Sousa (Sab. 13, 16h, Amigão); Auto Esporte x Desportiva (Sab. 13, 16h, Almeidão); Campinense x Atlético (Dom. 14, 16h, Amigão) e Nacional x Treze (Dom. 14, 17h, José Cavalcante).


Por Fábio Fernandes

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

O Botafogo-PB e suas expectativas e planejamento para o início da temporada 2018


(Fábio Fernandes)
A maturidade chegou a esse grupo gestor do Botafogo-PB, que está à frente do Belo há um longo tempo, em que pôde se superar nos momentos mais difíceis, além de ter acrescentado belas estrelas à constelação de títulos do Botafogo da Paraíba, com destaque para a amarelinha do título de Campeão Brasileiro de 2013, que de forma bastante honrosa, tem acompanhado o escudo do Botafogo Futebol Clube em suas bandeiras, camisas e, principalmente, no coração do Fiel Torcedor Botafoguense.

Dessa forma, a diretoria do Belo reformulou o Departamento de Futebol Profissional, apresentando o jovem Francisco Sales para assumir a função de diretor executivo, e o ex-jogador (ídolo do clube) Warley, que apesar da sua larga experiência como atleta, foi apresentado como um jovem gerente de futebol, formando uma nova dupla nesta área de atuação, sem vícios profissionais nas suas respectivas funções, além da importante soma do conhecimento acadêmico do Francisco Sales, com a vasta experiência do Warley no mundo da bola, no qual ele aprendeu a falar muitíssimo bem a linguagem dos atletas de futebol profissional.

Seguindo o planejamento da diretoria do Botafogo-PB para a temporada 2018, a contratação do jovem técnico Leston Júnior também contou com algo mais do que a apresentação de um currículo, isso porque o Botafogo-PB e o Leston Júnior têm em comum o desejo de crescer, com os pés no chão, pregando humildade e perseverança no trabalho diário. Talvez, devido a essa nova filosofia de trabalho inovador da diretoria do Botafogo-PB, o time vai entrar nas disputas pela conquista do bicampeonato estadual sem nenhum clima de oba-oba ou já ganhou, como visto em anos anteriores, em que o Botafogo-PB foi considerado pela imprensa local como o franco favorito, mas acabou chegando na segunda colocação. 

Então veio a formação do time, atleta por atleta, sendo contratações acompanhadas de perto pela exigente Torcida do Alvinegro da Estrela Vermelha, que neste primeiro instante aprovou o trabalho da diretoria.

Pré-temporada – A missão de preparar o Elenco em uma pré-temporada curtíssima foi uma coisa que o Leston Júnior e seus comandados não conseguiram atingir em sua totalidade. Contudo, houve evolução do conjunto nesse curto período, no qual o visível desentrosamento do time ainda fez frente ao time do América de Natal nos dois amistosos realizados, com uma vitória do América-RN (2 a 1), em Natal, e um empate (0 a 0), em João Pessoa, isso porque o time americano já vinha trabalhando sua pré-temporada há mais tempo que o time do Botafogo.

Às vésperas da sua estreia no Campeonato Paraibano, diante a equipe do Serrano, programada para o dia 7 de janeiro (domingo), às 16h00, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, o Elenco do Botafogo vai dando continuidade aos trabalhos de qualificação (física e técnica), motivação e constante avaliação realizados pelo treinador e sua comissão técnica. Por outro lado, a Torcida está ansiosa, acreditando nas contratações realizadas pela diretoria, mas, insegura quanto ao necessário entrosamento deste grupo, comumente chamado no mundo da bola de “liga”. 

Pois é, o quanto antes a famosa “liga” acontecer com o time do Botafogo-PB, melhor para o coração nervoso e exigente do Fiel Torcedor Botafoguense, que promete lotar às dependências do Almeida Filho na estreia do Belo no Paraibano 2018, apoiando o Alvinegro da Estrela Vermelha em busca da sua primeira vitória do ano.   


Por Fábio Fernandes       

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Na reta final desta pré-temporada, o Botafogo-PB recebe o América-RN, neste sábado (30), na Vila Olímpica Parahyba, para o último jogo amistoso.


Botafogo-PB x América-RN (Foto: Site Oficial Botafogo-PB)
Com uma pré-temporada bastante curta, além de uma comissão técnica e um Elenco novos, o Botafogo-PB ainda procura se encontrar dentro das quatro linhas antes da sua estreia no Campeonato Paraibano, programada para o dia 7 de janeiro, contra o Serrano-PB, no Estádio José Américo de Almeida Filho, O Almeidão. Antes disso, o Alvinegro da Estrela Vermelha vai realizar o seu último teste, neste sábado (30), às 15h15, na Vila Olímpica Parahyba, diante o América de Natal.

Na partida de ida, realizada no CT do América, em Parnamirim-RN, o time do Botafogo-PB perdeu pelo placar de 2 a 1, em um jogo no qual o time paraibano mostrou-se com pouca pegada pelo setor de meio, deixando bastante espaço para que o time adversário pudesse armar suas jogadas e ficar a maior parte do tempo com a posse de bola.

Na verdade, em jogos amistosos o resultado pouco interessa, contudo, as observações feitas pelo técnico têm alto valor, porque servirão para corrigir os pontos fracos do time, bem como fortalecer ainda mais os pontos positivos.

Sendo assim, o Elenco do Botafogo terá a chance de reeditar o confronto diante o América, desta feita dentro dos seus domínios e com o apoio do Fiel Torcedor Botafoguense, que ao contrário da visão avaliativa dos treinadores para jogos amistosos, exige a vitória do Belo diante o América de Natal, neste sábado, na Vila Olímpica Parahyba.

A maior expectativa do Fiel Torcedor do Belo é de poder ver a sua força máxima atuando, com destaque para o meia Marcos Aurélio e o atacante Dico, juntamente com o restante do Elenco, a fim de que possa sentir o potencial do Plantel para o início da temporada 2018, e é com essa ansiedade que a Torcida do Botafogo-PB pretende lotar as dependências da Vila Olímpica Parahyba, para empurrar o Belo pra cima do rival potiguar.


Por Fábio Fernandes

TIMEMANIA - APOSTE NO BOTAFOGO-PB COMO O TIME DO CORAÇÃO!


TIMEMANIA - Marque o Botafogo-PB como seu time do coração!!!