MARQUE O BOTAFOGO-PB NA TIMEMANIA

MARQUE O BOTAFOGO-PB NA TIMEMANIA

Copa do Nordeste 2019 – 32 Milhões em cotas e terá transmissão exclusiva pelo SBT

Copa do Nordeste 2019 – 32 Milhões em cotas e terá transmissão exclusiva pelo SBT

Os atacantes Paulo Renê, Dico e Adalgiso Pitbull estarão no Belo em 2019

Os atacantes Paulo Renê, Dico e Adalgiso Pitbull estarão no Belo em 2019

Responsabilidade e Comprometimento (Foto: Futebol Interior)

Responsabilidade e Comprometimento (Foto: Futebol Interior)

O Paredão Saulo renovou com o Belo para 2019

O Paredão Saulo renovou com o Belo para 2019

BOTAFOGO-PB CONTRATA MARCOS VINÍCIUS E CHARLES

BOTAFOGO-PB CONTRATA MARCOS VINÍCIUS E CHARLES

domingo, 22 de abril de 2018

Série C – Botafogo goleia o Náutico em jogo válido pela 2ª Rodada do Brasileirão


Botafogo-PB 4x0 Náutico-PE
(Imagem: Reprodução E.I.)
Um sábado à noite que vai ficar marcado na memória do Fiel Torcedor Botafoguense, uma vez que nem o mais otimista poderia adivinhar que o Belo iria meter 4 a 0 no Timbu. Uma goleada histórica, que carimbou a faixa de campeão pernambucano do Náutico, depois de 13 longos anos na fila de espera.

O banquete servido ao time Timbu foi preparado pelo Mestre Leston Júnior, técnico do Botafogo, que deu um nó tático no experiente Roberto Fernandes, treinador do Náutico, uma vez que o time do Botafogo entrou em campo já marcando o time do Náutico no seu setor de defesa, pressionando a saída de bola do time pernambucano, que ficou atordoado, dessa forma, não demorou muito para o Belo balançar as redes do Náutico, aos 5’, o meia Marcos Aurélio, posicionado na marca do pênalti, livre de marcação, completou de primeira um cruzamento vindo da direita, pegando o goleiro Bruno no contrapé, golaço do Beloooooo.

Depois do gol, o time do Botafogo não diminuiu a pegada, de forma que o Náutico não conseguia sair para o jogo. Uma marcação implacável dos comandados do professor Leston Júnior.

Aos 25’, por pouco o Belo não ampliou o marcador, quando Dico recebeu um excelente passe, dentro da área, livre de marcação, mas desafinou na finalização, quase...

Jogando com inteligência, o Botafogo teve muito mais volume de jogo de que o Náutico durante todo o primeiro.

Na etapa complementar, o time do Náutico foi com tudo para cima do Botafogo, mas os donos da casa estavam com um sistema defensivo muito bem montado.

Com dificuldades de penetrar na defesa do Botafogo pelo meio, o time do Náutico começou a investir pelas laterais, tendo muito êxito quando o Tiago Costa entrou no lugar de Kevyn, a outra substituição promovida pelo treinador Roberto Fernandes no intervalo foi a de Rafael Assis por Júnior Timbó, que também entrou muito bem no jogo.

Aos 7’, o volante Jataí do Botafogo teve que ser substituído devido uma contusão, mas em noite perfeita, todos que entram, entram bem, e com o Humberto não foi diferente, deu conta geral do recado.

Aos 21’, mais uma substituição pelo lado do Botafogo, dessa vez brilhou a estrela do treinador Leston Júnior, ao trocar o atacante Nando pelo também atacante Mário Sérgio, isso porque com apenas 3 minutos que ele havia entrando no jogo, fez um dos gols mais bonitos que já aconteceram no Almeida Filho, aproveitando um levantamento na área do lateral Carlos Renato, Mário Sérgio acertou uma virada de bicicleta, cinco estrelas, a pelota entrou no canto inferior direito do goleiro Bruno, que nada pôde fazer; goooooooooool genial do Mário, digno de uma placa no estádio.

Com 2 a 0 no placar em favor do Botafogo, o time do Náutico foi para o tudo ou nada, e acabou ficando com nada, isso porque aos 30’, Marcos Aurélio, com muito estilo, ligou um rápido contra-ataque com Dico, que carregou a bola do meio campo até a entrada da grande área, para tocar na saída do goleiro Bruno, mais um gol do Belo... estava pintando goleada no Almeidão.

Com 3 gols já garantidos na bagagem, o time do Náutico começou a distribuir pancadaria dentro de campo, tendo Robinho tomado um amarelo aos 38’ e Wallace Pernambucano um vermelho aos 46’.

Por outro lado, finalzinho de jogo tranquilo para o Belo, que colocou o time do Náutico na roda, dando um verdadeiro “olé”, que foi ecoado pelo canto da sua Fiel Torcida.

Quando todos pensavam que a fatura estava liquidada, eis que surge Marcos Aurélio, para uma cobrança de falta, do meio da rua, aos 48’, a pelota pegou efeito e o goleirão do Náutico aceitou, fechando assim o caixão do time Timbu. Botafogo 4x0 Náutico, placar final.

Formações:

Botafogo: Saulo; Lula, Gedeilson, Walber e Carlos Renato; Rogério, Jataí (Humberto), Allan Dias e Marcos Aurélio; Dico (Mazinho) e Nando (Mário Sérgio).  Técnico: Leston Júnior.

Náutico: Bruno, Medina, Camutanga, Camacho e Kevyn (Tiago Costa); Negretti, Jobson e Wendel (Tharcysio); Rafael Assis (Júnior Timbó), Robinho e Wallace Pernambucano. Técnico: Roberto Fernandes.

Arbitragem:

Árbitro Central: Marco Aurélio Augusto Fazekas (MG);
Auxiliar 1: Marconi Helbert Vieira (MG);
Auxiliar 2: Douglas Almeida Costa (MG).

Borderô:

Público: 5.119;
Não pagantes: 547;
Renda: R$ 84.862,00.

Melhores Momentos:


O próximo desafio do Botafogo pela Série C está programado para o dia 30/04, segunda-feira, às 21h15, no Almeidão, em João Pessoa, contra o Confiança-SE; já o Náutico joga no Acre, contra o Atlético-AC, no domingo (29), às 19h, sendo ambos os jogos transmitidos pela TV Esporte Interativo.

Antes disso, o Belo recebe o Bahia, no Almeidão, nesta quinta-feira (26), às 21h45, em jogo válido pelas Quartas de Final da Copa do Nordeste.


Por Fábio Fernandes 


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TIMEMANIA - APOSTE NO BOTAFOGO-PB COMO O TIME DO CORAÇÃO!


TIMEMANIA - Marque o Botafogo-PB como seu time do coração!!!