Botafogo-PB elege Diretoria Executiva para o Biênio 2019/2020

Botafogo-PB elege Diretoria Executiva para o Biênio 2019/2020

MARQUE O BOTAFOGO-PB NA TIMEMANIA

MARQUE O BOTAFOGO-PB NA TIMEMANIA

Copa do Nordeste 2019 – 32 Milhões em cotas e terá transmissão exclusiva pelo SBT

Copa do Nordeste 2019 – 32 Milhões em cotas e terá transmissão exclusiva pelo SBT

Os atacantes Paulo Renê, Dico e Adalgiso Pitbull estarão no Belo em 2019

Os atacantes Paulo Renê, Dico e Adalgiso Pitbull estarão no Belo em 2019

Responsabilidade e Comprometimento (Foto: Futebol Interior)

Responsabilidade e Comprometimento (Foto: Futebol Interior)

O Paredão Saulo renovou com o Belo para 2019

O Paredão Saulo renovou com o Belo para 2019

sábado, 18 de novembro de 2017

A história mostra que o Botafogo-PB costuma ter sorte em anos terminados em “8”


Fábio Fernandes
“Superstição é a crença em situações com relações de causalidade, que não podem se mostrar de forma racional ou empírica. Ela geralmente está associada à suposição de que alguma força sobrenatural, que pode inclusive ser de origem religiosa, agiu para promover a suposta causalidade.” (Wikipédia).

Contudo, no mundo da bola, a superstição é algo muito mais profundo, que pode ser observado em todas as partes, por exemplo, nas arquibancadas, através de torcedores que atribuem bons resultados dos seus respectivos times “graças” ao uso de alguma roupa específica, ou a algum amuleto que levam para os estádios; nos vestiários, onde alguns jogadores costumam obedecer sempre ao mesmo ritual de aquecimento, até a entrada no campo de jogo, em que pisar no gramado com o pé direito é como se fosse uma obrigação para muitos, que acreditam canalizar sorte através desse gesto. 

Enfim, para alimentar mais um pouco a superstição do Fiel Torcedor Botafoguense, às vésperas da temporada 2018, a história mostra que em anos terminados pelo número “8” o Botafogo-PB tem conquistado mais títulos do que nos anos terminados por qualquer outro número. 

Dessa forma, o primeiro título de Campeão Paraibano do Belo em ano terminado com o número 8 aconteceu em 1938, em seguida vieram os títulos estaduais de 1948, 1968, 1978, 1988 e 1998.

Pois é, foram 6 títulos estaduais em anos terminados em 8, sendo todos eles motivo do orgulho e satisfação para o Fiel Torcedor Botafoguense, todavia, uns foram realmente memoráveis, por exemplo, o Estadual de 1968, que deu a arrancada para o Tri (68, 69 e 70) e teve a colaboração de um dos mais brilhantes atletas que já vestiram o manto sagrado do Botafogo, Nininho, também conhecido como o Fiapo de Ouro, bem como a conquista do Paraibano de 1978, que culminou com a maior sequência de títulos estaduais da história do Belo, o Tetracampeonato (75,76,77 e 78).

Atualmente, de acordo com os registros da Federação Paraibana de Futebol, o Botafogo Futebol Clube possui 28 títulos estaduais, dos quais, 6 de forma invicta, além da inédita conquista do Campeonato Brasileiro (Série D) de 2013, que o torna o maior conquistador de títulos do futebol paraibano de todos os tempos. 

Os dados históricos utilizados neste texto foram disponibilizados através do site oficial do Botafogo Futebol Clube, informados pelo historiador e grande Botafoguense, Professor Raimundo Nóbrega, além do site oficial da Federação Paraibana de Futebol.   


Por Fábio Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TIMEMANIA - APOSTE NO BOTAFOGO-PB COMO O TIME DO CORAÇÃO!


TIMEMANIA - Marque o Botafogo-PB como seu time do coração!!!